Guia de Compra: As 6 Melhores Furadeiras de Impacto em 2021!

Procurando a melhor furadeira de impacto em 2021, e está com dificuldades de encontrar o modelo ideal para o seu caso?

Fique sabendo que isso é normal. Mesmo sendo uma ferramenta muito tradicional nos lares brasileiros, poucas pessoas sabem suas diferenças e detalhes.

Por isso o Guia do Eletro vai te ajudar nessa missão!

Furadeira de Impacto: Ferramenta mais comum nos lares brasileiros (Reprodução: Almeida Materiais de Construção)

Te mostramos agora qual a melhor furadeira em 2021, através da análise de 6 modelos, divididos em 3 categorias diferentes:

  • Intermediária: Modelos que vão de R$ 200 a R$ 400 em média;
  • Profissional: Modelos que partem de R$ 400 em média;
  • Bom e barato: Modelos que custam até R$ 200 em média.

 

Tabela das melhores furadeiras de impacto em 2021:

ImagemModelo / CategoriaOnde Comprar
Bosch GSB 550
Intermediária
Bosch GSB 13
Intermediária
Makita HP1640
Profissional
Bosch GSB 16
Profissional
Skil 6604
Doméstica
Black Decker TM500
Doméstica

 

Lista da melhor furadeira de impacto por característica:

  • Bosch GSB 550 RE: A melhor furadeira bosch em custo benefício;
  • Bosch GSB 13 RE: Melhor furadeira de impacto intermediária;
  • Makita HP1640: Melhor furadeira profissional em robustez;
  • Bosch GSB 16 RE: Uma das melhores furadeiras profissionais em 2021;
  • Skill 6604: Melhor furadeira em custo benefício de entrada;
  • Black Decker TM500: Melhor furadeira doméstica em acabamento

 

Análise da melhor furadeira de impacto da categoria intermediária:

Abrimos com os modelos intermediários, que vão de R$ 200 a R$ 400 em média.

Elas são as indicadas para quem vai fazer uso doméstico mais intenso, com utilização mais constante, como em marcenaria ou metalurgia amadora. Também são indicadas para quem quer um aparelho mais durável para se ter em casa. Vamos a elas:

Tabela comparativa:

 Bosch
GSB 550
Bosch
GSB 13
[Celular/Tablet]
Arraste →
Potência550 W650 W
Limite
Perfuração
Alvenaria: 13 mm
Aço: 10 mm
Madeira: 25 mm
Alvenaria: 15 mm
Aço: 10 mm
Madeira: 25 mm
Mandril1/2 - 13 mm1/2 - 13 mm
Rotação/
Impacto
3.100 rpm
49.600 ipm
3.150 rpm
47.250 ipm
Soft Grip?NãoSim
Peso1,3 kg1,8 kg
ONDE
COMPRAR

 

Bosch GSB 550

A Bosch é a marca de ferramentas elétricas mais conhecida e admirada no Brasil. E hoje a empresa tem uma das melhores furadeiras do mercado, a GSB 550.

Principais Prós:

  • Intermediária de melhor custo benefício;
  • Compacta de alto desempenho;
  • Ótimo acabamento;

Principais Contras:

  • Embalagem de transporte fraca;
  • Chave de mandril pequena;
  • Sem pegada emborrachada (soft grip);

A GSB 550 é uma das ferramentas mais vendidas pela Bosch no Brasil. Isso porque essa máquina consegue juntar duas características bem importantes para os consumidores em geral.

A primeira delas é o bom desempenho. Ela tem potência nominal até que reduzida se comparada as principais concorrentes (550W), porém consegue entregar um desempenho excelente, com rotação máxima de 3100 rpm.

Isso permite que essa Bosch seja capaz de fazer furos de 13 mm em alvenaria vazada, 10 mm em aço e 25 mm em madeira de forma rápida, sem engasgos ou trancos.

Sua função de impacto também é bem eficiente, trabalhando na casa dos 49.600 impactos por minuto. Isso faz com que ela consiga ter um desempenho satisfatório em paredes e vigas de concreto, sendo suficiente para usar de vez em quando nessas superfícies mais duras.

Além de ser um dos modelos intermediários de melhor desempenho, a GSB 550 também se destaca pelo acabamento versus preço. Ela é de longe a mais bem construída da sua categoria, sendo toda rolamentada, com mandril de 13 mm bem firme, encaixes precisos e plástico texturizado.

Outro ponto que faz a GSB 550 ser uma ótima opção para quem procura qual a melhor furadeira intermediária é o seu peso. Mesmo sendo uma ferramenta muito potente e bem acabada, ela é muito leve, pesando apenas 1,3kg.

Por ser leve e bem balanceada, essa Bosch proporciona um manuseio mais agradável que a maioria das concorrentes.

Como pontos negativos estão o fato dela vir solta na caixa de papelão, sem uma proteção que impeça impactos no transporte, sua chave de mandril ser bem pequena, e não ter pegada emborrachada (soft grip), que preveniria calos nas mãos no uso constante e intenso.

Foto Real:

Reprodução: Youtube

Para quem é ideal: A Bosch GSB 550 é indicada se você procura pela melhor furadeira em custo benefício, e quer uma ferramenta intermediária padrão, para trabalhos manuais e caseiros um pouco mais intensos, e que tenha um preço reduzido comparada as profissionais.

Tenha acesso a uma ótima oferta!

 

 

Bosch GSB 13

Além de ter um modelo intermediário focado em custo benefício, a Bosch também tem em sua linha algo para quem quer a melhor furadeira intermediária em desempenho e robustez: a GSB 13.

Principais Prós:

  • Excelente desempenho em alvenaria;
  • Intermediária com melhor acabamento;
  • Acompanha empunhadura, limitador e maleta;

Principais Contras:

  • Botão de reversão frouxo;
  • Pesada para uma versão intermediária;
  • Cabo de energia curto;

Podemos dizer que a GSB 13 é a “irmã mais velha” da GSB 550. Isso porque ela continua sendo um produto com preço intermediário, porém tem recursos e características que vão além.

O primeiro bom diferencial dessa máquina é seu desempenho. Ela possui 650W de potência, que a permite desenvolver um giro máximo de 3150 rpm, o que é ótimo para uma ferramenta dessa categoria.

Com ela, você vai poder realizar furos de 15 mm em alvenaria, 10 mm em aço e 25 mm em madeira. Sua função de impacto é bem eficiente, com 47.250 ipm (impactos por minuto), o que permite que você faça trabalhos básicos em paredes e vigas de concreto.

Mas o grande diferencial da GSB 13 está no acabamento. Ela é a melhor furadeira de impacto intermediária nesse quesito.

Essa Bosch conta com estrutura toda rolamentada, tanto na ponta quanto na base, que fazem com que o mandril não fique frouxo, pegada emborrachada que permite uso prolongado mais confortável, e chave de mandril grande, que deixa o aperto das brocas mais fácil e preciso.

Outro ponto que diferencia a GSB 13 é o fato dela vir com empunhadura auxiliar e limitador de profundidade.

A empunhadura auxiliar é um acessório que encaixa atrás do mandril e permite que você agarre a frente da furadeira com mais firmeza, o que dá muito mais precisão na hora de furar superfícies difíceis.

Já o limitador de profundidade é uma guia com medição que vai preso na empunhadura. Com ele, você consegue determinar o tamanho exato do furo na parede, impedindo que a broca vá muito longe. Isso ajuda a deixar a bucha mais firme no buraco, dando mais estabilidade ao parafuso.

Todos esses acessórios vêm acomodados em uma maleta plástica de ótima qualidade, com presilhas resistentes e uma boa disposição interna, que facilita o transporte da GSB 13 no dia a dia.

Como pontos negativos estão o fato de o botão inversor de giro ser um pouco frouxo, o que pode fazer com que não seja acionado direito, ela ser um pouco pesada para um modelo intermediário (1,8kg), e o cabo de energia ser curto.

Foto Real:

Reprodução: OLX

Para quem é ideal: A Bosch GSB 13 é indicada para quem procura qual a melhor furadeira de impacto, e quer uma ferramenta de preço intermediário, porém com excelente desempenho, principalmente em alvenaria, e também quer algo com acabamento diferenciado e bons acessórios.

Tenha acesso a uma ótima oferta!

 

 

Análise da melhor furadeira de impacto profissional

Chegamos à análise dos modelos profissionais, que custam a partir de R$ 400. Elas são as indicadas se você precisa de um aparelho robusto para fazer manutenções, que “aguente o tranco”, ou faz algum trabalho artesanal em casa. Vamos a elas:

Tabela comparativa:

 Makita
HP1640
Bosch
GSB 16
[Celular/Tablet]
Arraste →
Potência760 W750 W
Limite
Perfuração
Alvenaria: 16 mm
Aço: 13 mm
Madeira: 30 mm
Alvenaria: 16 mm
Aço: 12 mm
Madeira: 25 mm
Mandril1/2 - 13 mm1/2 - 13 mm
Rotação/
Impacto
2.800 rpm
44.800 ipm
3.250 rpm
48.500 ipm
Soft Grip?SimSim
Peso2 kg1,8 kg
ONDE
COMPRAR

 

Makita HP1640

Junto com a Bosch, a Makita é uma das marcas de ferramentas elétricas mais confiáveis do Brasil. E hoje a melhor furadeira makita da categoria profissional no geral é a HP1640.

Principais Prós:

  • Muito robusta e durável;
  • Excelente desempenho em aço e madeira;
  • Cabo de energia de 2 metros;

Principais Contras:

  • Pesada (2kg);
  • Difícil de achar o conjunto com maleta;
  • Preço mais elevado;

A HP1640 é uma das melhores furadeiras profissionais da atualidade, muito por conta da sua robustez.

Ela é daquele tipo de ferramenta “parruda”, que aguenta o tranco de um dia de trabalho intenso. Seu acabamento é muito resistente, sendo feita com plásticos grossos e peças de alta densidade, que fazem ela ter uma resistência bem acima da média.

Seu mandril também é um elemento que se destaca na construção, já que tem um acabamento muito robusto, que faz ele aguentar os impactos comuns do dia a dia de quem faz manutenções com furadeira.

Além de ter robustez e resistência bem acima da média, a HP1640 também possui acabamento emborrachado soft grip no apoio de mão e no corpo da máquina, o que deixa o uso prolongado bem mais confortável.

Outros bons diferenciais dessa Makita são a posição do botão de reversão de giro, que fica na lateral da pistola, evitando o acionamento por engano, e seu cabo de energia, que tem 2 metros de comprimento, o que é um baita diferencial, já que reduz a necessidade do uso de extensões.

A HP1640 também acompanha empunhadura auxiliar e limitador de profundidade, que são importantes para o uso intenso ou profissional. Os dois acessórios são muito bem acabados e cumprem bem o seu papel.

Por fim, além da robustez, essa Makita também tem excelente desempenho. Ela possui 760W de potência, que a proporcionam giro máximo de 2800 rpm, e 44.800 impactos por minuto. Ela tem capacidade de furar 16 mm em alvenaria, 13 mm em aço e 30 mm em madeira.

Ela é o modelo com melhor alcance em aço e madeira dessa lista, o que a torna a melhor furadeira profissional se você está procurando algo para marcenaria ou metalurgia.

Como pontos negativos estão o fato de pôr ser muito robusta e resistente, ela também acaba sendo a mais pesada dessa lista (2kg), ser difícil de achá-la no conjunto com a maleta de transporte, e o preço mais elevado.

Foto Real:

Reprodução: OLX

Para quem é ideal: A Makita HP1640 é indicada se você procura qual a melhor furadeira profissional, e quer um produto para trabalho duro, que encare um dia inteiro das mais variadas manutenções. Ela se destaca por ser muito resistente e durável, e tem excelente desempenho.

Tenha acesso a uma ótima oferta!

 

 

Bosch GSB 16

Além de ter excelentes modelos da categoria intermediária, a Bosch também possui em sua linha uma das melhores furadeiras de impacto profissionais da atualidade, a GSB 16.

Principais Prós:

  • Muito rápida e potente;
  • Mandril firme e muito preciso;
  • Ergonômica e confortável.

Principais Contras:

  • Plásticos com rebarbas;
  • Empunhadura auxiliar com acabamento ruim;
  • Versão anterior tinha regulador de velocidade.

A GSB 16 é uma das furadeiras profissionais mais vendidas da Bosch, justamente por agregar alto desempenho com confiabilidade da marca.

Seu grande destaque com certeza é o desempenho diferenciado. Essa máquina é muito eficiente no aproveitamento da força do motor, que tem 750W e 3250 rpm, o maior nível de rotação entre as ferramentas dessa lista, e impacto de 48.500 ipm.

Isso faz a GSB 16 ser capaz de fazer furos de 16 mm em alvenaria, 12 mm em aço e 25 mm em madeira. Isso a torna um produto coringa para os mais diversos tipos de manutenções, seja na construção civil, marcenaria ou metalurgia.

A boa eficiência do seu motor também faz da GSB 16 uma máquina muito rápida, furando madeiras ou chapas metálicas grossas com bastante rapidez e precisão, o que a torna um produto muito indicado para quem precisa economizar tempo.

Outro bom diferencial dessa Bosch é sua construção. Ela é muito firme, sendo toda rolamentada. Seu mandril é o ponto de destaque, já que não possui nenhuma folga. Quem usa furadeira com frequência sabe que isso é bem difícil, mesmo em produtos novos.

A ausência de folga no mandril permite que você execute furos muito mais precisos, fazendo ela ser uma boa alternativa para manutenções mais delicadas.

Além disso, a alavanca reversora de sentido fica na lateral da pistola, e não próxima ao gatilho. Isso evita que você acione a reversão por engano, e ainda deixa o uso mais preciso, já que em modelos tradicionais é necessário afundar um botão para efetuar a reversão.

A GSB 16 vem com maleta de transporte de excelente qualidade, que acomoda bem a ferramenta. Ela também acompanha empunhadura auxiliar e limitador de profundidade, que mesmo não tendo acabamento tão bom, cumprem bem o seu papel.

Por fim, essa Bosch não é tão pesada para uma versão profissional (1,8kg), tem pegada emborrachada tanto atrás como na frente da empunhadura, e conta com cabo de 2 metros, que dispensa o uso de extensões em vários momentos.

Como pontos negativos estão o acabamento geral, já que é possível ver rebarbas entre os encaixes, o acabamento da empunhadura auxiliar, que é feita de um plástico oco e fino, e a perda do regulador de velocidade do gatilho, que existia na versão anterior.

Foto Real:

Reprodução: Youtube

Para quem é ideal: A Bosch GSB 16 é indicada para quem procura pela melhor furadeira em 2021, e quer um produto profissional de ótimo custo benefício, que seja muito forte, rápida e precisa, e que tenha ótima construção interna, garantindo resistência e robustez.

Tenha acesso a uma ótima oferta!

 

 

Análise da melhor furadeira de impacto doméstica

Chegamos à categoria dos modelos de baixo custo, que vão até R$ 200.

Elas são as indicadas se você precisa de um produto exclusivamente doméstico, para fazer manutenções de vez em quando, e não quer ou não pode gastar muito. Vamos a elas:

Tabela comparativa:

 Skil
6604
Black Decker
TM500
[Celular/Tablet]
Arraste →
Potência570 W560 W
Limite
Perfuração
Alvenaria: 10 mm
Aço: 10 mm
Madeira: 20 mm
Alvenaria: 10 mm
Aço: 10 mm
Madeira: 20 mm
Mandril3/8 - 10 mm3/8 - 10 mm
Rotação/
Impacto
3.100 rpm
49.600 ipm
2.800 rpm
45.000 ipm
Soft Grip?NãoNão
Peso1,2 kg1,4 kg
ONDE
COMPRAR

 

Skill 6604

A Skil é a linha de ferramentas de entrada da Bosch, e tem o custo benefício como principal característica de seus produtos. E esse é o caso da 6604, ótima opção se você procura pela melhor furadeira boa e barata.

Principais Prós:

  • Um dos melhores custo benefício na categoria de entrada;
  • Muito leve e ergonômica;
  • Forte e bem acabada.

Principais Contras:

  • Cabo de energia curto;
  • Não tem apoios emborrachados;
  • Não vai bem em concreto maciço.

A 6604 é uma das melhores furadeiras do tipo “boa e barata”, porque junta qualidade de construção, bom desempenho e custo reduzido.

Ela é uma máquina muito compacta e leve, com apenas 22 cm de comprimento e 1,2 kg. Isso por si só já favorece o manuseio, principalmente de quem não está acostumado a manipular ferramentas mais pesadas.

Mas mesmo tendo esse peso reduzido, ela mantém um ótimo nível de potência, com 570W. A 6604 é uma das máquinas de mandril de 10 mm mais fortes do mercado. Ela tem capacidade de furar 10 mm em alvenaria vazada, 10 mm em aço e 20 mm em madeira, com rotação máxima de 3100 rpm.

Isso faz com que, respeitando os limites da máquina, você não encontre dificuldade para furar paredes de tijolos com reboco ou madeiras mais duras. Ela raramente trava ou reduz rotação, o que a torna um produto confiável para se ter em casa.

A 6604 é uma das melhores opções de até R$ 200,00 para marcenaria. Por ser bem pequena e forte, você pode manipulá-la com uma mão sem problemas, o que dá muito mais precisão na hora de fazer trabalhos na madeira.

Sua construção é bem condizente com seu preço. Ela possui plásticos de aparência mais dura e seca que suas “irmãs” da Bosch. Mas seu acabamento é muito bem finalizado, com encaixes precisos e sem excesso de rebarbas.

Seu botão de reversão de giro é bem firme, o que é um diferencial nessa categoria de entrada, já que esses modelos costumam ter essa peça com encaixe frouxo, que dificulta o acionamento.

Como pontos negativos estão o fato dela ter o cabo bem curto (80 cm), não possuir nenhum ponto com acabamento emborrachado, e o impacto não ser suficiente para concreto maciço.

Foto Real:

Reprodução: Mercado Livre

Para quem é ideal: A Skill 6604 é indicada se você está procurando pela melhor furadeira doméstica, e precisa de uma ferramenta para fazer manutenções em casa de vez em quando, mas mesmo assim quer algo potente, bem acabado e leve.

Tenha acesso a uma ótima oferta!

 

 

Black Decker TM500

A Black Decker é uma das marcas de ferramentas mais populares nos EUA, e no Brasil não é diferente. Por aqui a empresa tem uma ótima opção se você procura qual a melhor furadeira para uso doméstico: a TM500.

Principais Prós:

  • Ótimo acabamento pelo preço;
  • Boa construção interna;
  • Desempenho adequado.

Principais Contras:

  • Ausência do reverso;
  • Não tem apoios emborrachados;
  • Bem comprida.

A TM500 é uma excelente opção se você procura pela melhor furadeira doméstica, e quer um produto de custo reduzido, mas que ofereça bom desempenho, tenha acabamento adequado e venha com maleta de transporte.

Ela possui 560W de potência, sendo bem forte para uma máquina de mandril pequeno, de 10 mm. Ela produz 2800 rpm e 45.000 impactos por minuto, o que são números razoáveis para uma ferramenta barata.

Um dos bons diferenciais da TM500 é seu ótimo acabamento em comparação com o preço cobrado. Ela é construída com plásticos de ótima qualidade, que são bem superiores à média das principais concorrentes.

Seus encaixes são bem finalizados, sem excesso de rebarbas aparentes. Ela é uma máquina relativamente leve (1,4 kg), porém não é pequena, com 35 cm, o que dificulta um pouco o uso com uma mão.

Outro ponto interessante é o fato dela contar com bastante saídas de ar, o que ventila bem seu interior, aumentando a vida útil dos seus componentes internos.

Além do bom acabamento, sua construção interna é muito bem feita. Mesmo sendo uma ferramenta barata, ela é bem durável no uso doméstico moderado. Não é difícil de encontrar relatos de donos da TM500 que tem a máquina há 4 ou 5 anos, com poucos ou nenhum reparo.

Outro ótimo diferencial dessa Black Decker é vir com uma maleta plástica de excelente qualidade. Ela é resistente, e seus compartimentos internos são bem projetados, o que permite que você guarde a furadeira e também acessórios, como brocas e empunhadura.

Uma maleta nessa qualidade é bem difícil de achar em modelos de entrada.

Como pontos negativos estão a ausência da rotação reversa, não ter nenhum ponto de apoio emborrachado, e ser bem comprida para uma máquina de entrada (35 cm), o que dificulta o uso com uma mão.

Foto Real:

Reprodução: Youtube

Para quem é ideal: A Black Decker TM500 é indicada para quem procura pela melhor furadeira em custo benefício, e quer o produto de menor preço possível que ofereça bom desempenho, acabamento adequado, durabilidade e maleta de transporte diferenciada.

Tenha acesso a uma ótima oferta!

 

 

Bônus!

 

Veja o que é importante saber antes de procurar pela melhor furadeira de impacto!

 

O que é impacto? Quando eu preciso dele?

As furadeiras domésticas são ferramentas que servem para furar basicamente 3 superfícies: alvenaria, madeira e aço.

Madeira e aço são duas superfícies em que apenas o giro da broca é suficiente para fazer o furo, já que oferecem menos resistência.

Porém, com alvenaria é um pouco diferente

Para paredes de tijolo ou bloco vazado, as furadeiras oferecem a função de impacto, que é selecionada no botão comutador, aquele que fica na parte de cima da pistola.

Botão comutador: Liga a função impacto (Reprodução: Casa das Furadeiras)

Quando acionado, ele faz a ferramenta dar pequenos solavancos, como se fossem “soquinhos” na parede. Isso ajuda a máquina a vencer a resistência dessas superfícies, facilitando e agilizando o trabalho.

Função impacto: Auxilia em paredes de alvenaria vazada (Reprodução: Blog Copafer)

Toda furadeira fura concreto?

Isso é uma coisa que poucos fabricantes explicam, mas que muitas pessoas têm dúvida. Afinal, toda furadeira de impacto fura concreto maciço?

Não é bem assim…

Paredes e vigas de concreto armado são superfícies muito densas, que geram muita resistência. Furadeiras profissionais conseguem furar paredes de concreto no modo impacto, mas tem certas limitações.

Concreto armado: Superfície que gera muita resistência (Reprodução: Cefeq Ferramentas)

Se você utilizar máquinas convencionais para furar paredes de concreto maciço com muita frequência vai forçar o motor, o que vai reduzir sua vida útil. Além disso, o trabalho vai ficar mais demorado, já que a ferramenta vai “sofrer” mais.

Por isso, se você está procurando algo para uso profissional constante em vigas e paredes de concreto grosso, o ideal é optar pelo martelete pneumático, que tem capacidade de impacto muito maior que as furadeiras tradicionais.

Martelete: Ferramenta indicada para furar concreto armado com frequência (Reprodução: Diafer)

Confira uma lista de bons marteletes pneumáticos!

O que eu preciso saber sobre o mandril?

O mandril é a peça metálica que fica na ponta da furadeira, e serve basicamente para prender a broca que irá ser utilizada.

Mandril: Peça que transfere a rotação para a broca (Reprodução: Eletro Mais Magazine)

Hoje, grande parte das versões disponíveis tem mandril de aço, com aperto feito por chave. Existem mandris de aperto rápido, que dispensam a chave, mas eles estão mais presentes em parafusadeiras.

Modelos de entrada possuem mandris de 3/8 de polegada, que aceitam brocas de até 10 mm de largura. Já as furadeiras padrão contam com mandril de ½ polegada, que aceitam brocas de até 13 mm.

Tipos de Mandril: Por chave e aperto rápido (Reprodução: Oficina da Casa)

Ou seja, se você precisa fazer furos mais largos, é interessante investir em modelos com mandril de 13 mm, ou ½ polegada.

Os tipos de broca

A broca é a peça metálica que prendemos no mandril para efetuar o furo. Elas podem ter vários tamanhos, e são medidas em polegadas ou milímetros.

Hoje existem 4 tipos de broca em geral:

Aço rápido: São as mais comuns, indicadas primeiramente para uso em metal, mas também quebram um galho na madeira.

Para uso em metal, é indicado lubrificar a superfície a ser furada, e sempre começar com velocidade bem lenta se a máquina contar com gatilho eletrônico, para evitar a quebra da broca.

Aço rápido: Indicada para metais em geral (Reprodução: Loja do Mecânico)

Broca de widia: São as ideias para furar alvenaria e concreto, já que tem uma ponta de metal reforçado, que é mais eficiente para romper superfícies maciças.

As brocas de widia servem somente para uso em alvenaria, já que elas danificam a madeira e o aço.

Broca de Widia: Indicada para alvenaria e concreto (Reprodução: Loja do Mecânico)

Broca de madeira comum: As brocas de madeira têm uma ponta afiada, que serve para direcionar muito bem o furo, e são mais escuras que as demais.

Elas possuem uma estrutura especialmente desenvolvida para rasgar a madeira, e produzir furos mais uniformes.

Broca de Madeira Comum: Tem ponta de precisão (Reprodução: Ferimport)

Broca chata: Elas também são utilizadas em madeira, mas servem para abrir furos maiores, de 15 a 60 milímetros em média.

Elas possuem a mesma ponta de precisão, porém são chatas, o que alarga o furo.

Broca Chata: Para furos mais largos (Reprodução: Bonnier)

Existem também as brocas do tipo fostner, que ao invés de serem chatas, possuem “asas” de cada lado, que também servem para fazer furos largos, porém dão um acabamento melhor na madeira.

Broca Fostner: Para furos em madeira com melhor acabamento (Reprodução: Aliexpress)

Serra copo: Ela não é uma broca, e sim uma serra, mas que é muito utilizada com a furadeira na marcenaria.

Ela serve para abrir buracos bem maiores, que a broca chata não alcançaria. É possível encontrar serras copo para metal, madeira e até alvenaria, de diâmetros bem grandes (até 200 mm).

Serra copo: Para abrir buracos com a furadeira (Reprodução: Guia55)

Outras dicas úteis na hora de procurar pela melhor furadeira:

Trava de trabalho contínuo: Essa é uma trava que praticamente todos os modelos têm, e serve para travar o gatilho.

Ela é bem útil para trabalhos contínuos, que exijam muitos furos seguidos, já que evita que você tenha que ficar segurando o gatilho durante toda a manutenção.

Trava de Gatilho: Para trabalhos contínuos (Reprodução: Shopping Tudo Azul)

Gatilho eletrônico: Esse é outro recurso que praticamente todas as furadeiras possuem, com exceção das muito básicas. Ele permite que você regule a velocidade do giro pressionando com mais ou menos força o gatilho.

Em alguns modelos isso funciona melhor, e em outros a regulagem é ruim. Esse recurso ajuda na perfuração de superfícies sensíveis, sendo bem útil em marcenaria e metalurgia.

Gatilho eletrônico: Permite o controle gradual de velocidade (Reprodução: Mercado Livre)

Tamanho do fio de energia: Esse é um ponto importante, que poucas pessoas prestam atenção. Versões mais simples vem com no máximo 1 metro de fio, o que vai te obrigar a usar extensões.

versões profissionais costumam vir com 2 metros de cabo, o que dispensa a extensão em alguns momentos. Mas no geral, é bom comprar uma extensão elétrica junto com a furadeira, porque provavelmente você vai precisar.

Fio de energia: Determina o uso de extensões (Reprodução: Loja do Mecânico)

Soft grip: Outro ponto que pouquíssimas pessoas prestam atenção na hora da compra. O soft grip é a cobertura emborrachada da empunhadura da máquina.

Ela é importante para quem vai fazer uso intenso, diário ou por longos períodos, já que previne calos nas mãos.

Soft Grip: Cobertura emborrachada que previne calos (Reprodução: Reprodução: Casas Bahia)

Rotação reversa: A rotação reversa era bem rara nas furadeiras antigas, mas está ficando cada vez mais comum nos modelos novos.

O principal objetivo do reverso é soltar a broca se ela emperrar em superfícies densas, como concreto armado ou madeira muito dura.

Mas também é possível usar essa função para quebrar um galho para parafusamento.

Reverso: Serve principalmente para desemperrar a broca (Reprodução: Portal da Construção)

É possível usar a furadeira como parafusadeira?

Esse é um ponto que causa bastante discórdia. No geral, parafusadeiras podem ser furadeiras eficientes, mas furadeiras não são boas parafusadeiras.

O motivo disso é o controle de torque

Furadeiras não possuem nenhuma embreagem que controle a rotação do mandril, como as parafusadeiras. Isso faz com que, ao apertar o gatilho, o bit desembeste, resultando muitas vezes em parafusos quebrados e furos esgarçados, que ficam com aparência ruim.

Parafusar com furadeira: O resultado é quase sempre ruim (Reprodução: Ser Completo)

As furadeiras atuais até possuem controlem eletrônico de rotação no gatilho, mas não chega a ser tão sensível quanto o controle de torque e embreagem de uma parafusadeira.

Ou seja, por mais que os fabricantes vendam essa ideia, furadeiras nunca serão boas parafusadeiras, elas serão sempre um “quebra galho” para parafusamento.

Controle de torque: Principal diferença entre parafusadeiras e furadeiras (Reprodução: Leroy Merlin)

No geral, se você precisa parafusar mais do que furar no dia a dia, opte por uma parafusadeira com impacto. Já se precisar furar muito e parafusar pouco, vale investir em uma furadeira mais avançada e adquirir uma parafusadeira simples.

Importante: Para desparafusar, uma furadeira precisa ter o sentido reverso de rotação!

Nós também analisamos as melhores parafusadeiras do mercado!

Furadeira: a ferramenta mais querida pelos brasileiros!

Essas foram as dicas do Guia do Eletro para quem procura qual a melhor furadeira de impacto em 2021! Agora é só escolher a que melhor atende as suas necessidades!

Até o próximo post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.